Analitcs

Pesquisar no conteúdo do blog.atlabs.com.br

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Contos da TCP - Conto 01 - O Tarado depravado

Reações: 
Retirado de: http://contosdecris.blogspot.com.br/2014/12/conto-o-tarado-depravado.html

Todo mundo quer empurrar um amigo solteiro ou amiga encalhada pra

alguém...  tem gente que tem síndrome do cupido amoroso, não pode ver uma pessoa

sozinha  que começa a mexer em sua agenda e procurar alguém se se encaixe naquele

E foi assim comigo, sentia que estava escrito em minha testa: “Belisco Parede” ! 

Porque houve um período que vários amigos começaram a me apresentar

“pretendentes”. Era o cunhado divorciado, o vizinho que voltou dos E.U.A e não tinha

ninguém, ou o primo do primo que morava no Interior e queria arranjar um motivo

para vir para a capital.

Cris, você precisa conhecer este amigo, ele é gentil, educado, trabalhador,

honesto, solteiro, fiel, elegante, blábláblá!!! Tem rins perfeitos, fígado em bom

estado!!!

Não foi bem assim, mas minha amiga fazia tantos elogios ao colega de trabalho

que  só faltou ela dizer sobre seus órgãos vitais e suas condições!

Um dia ele me mandou um email para se apresentar, era gentil e educado, sem muitas

palavras, e passamos a conversar pela internet.

Então, fizemos um ao outro as perguntas de praxe, o que gosta de fazer,  ouvir,

qual time de futebol é torcedor! Quando eu contei que adorava cinema, filmes e

perguntei se ele também  gostava, respondeu com a maior alegria que não só adorava

filmes como tinham uma coleção em casa, e  ainda soltou um “galanteio”: “Quero

assistir algum destes com vc, lindinha”!

Em anexo ao email estava uma lista com nomes de filmes, acho que uns cem ou

Tudo corria bem, até eu ter a curiosidade de ler os títulos... levei o maior susto,

só tinha nomes de filmes pornôs. E pelo que li, tinha bastante variedade, era homem

com mulher, mulher com mulher, mulher com mulher e homem no meio, mulher com

bicho, bicho com homem, mulher com ET, ET com homem e mulher, bichos nos ETs e

não sei mais o que, já tinha ficado até tonta tentando imaginar o conteúdo.

Fiquei com tanta vergonha de responder ao e-mail dele que não falei nada e

me fingi de morta. Mas, como demorei na resposta ele acabou me ligando, foi a

primeira vez que nos falamos por telefone:

_Cris, sou eu o Manoel!!!

_Oi, Ma-ma-ma-noel!!!

_Você não respondeu ao email de ontem, fiquei preocupado... que bom ouvir a sua

_O-obri-gada!

_Você viu os filmes que tenho em casa?

_Vi sim, bastante né?

_É que adoro filmes, toda semana eu compro algum!

_A tá, entendi...

_Eu posso te emprestar quantos vc quiser, mas é claro, quero assistir algum com você!

Fiquei muda!

_Acho que estou atrapalhando né? Você não pode falar agora ou ficou tímida?

_Eu acho q as duas coisas, Manoel!

_Então eu te ligo depois, posso?

_Pode sim...Eu respondi, mas por dentro eu queria falar: Não, não me liga nunca mais

seu devasso depravado!

Logo veio outro email dele, me perguntando se eu gostava de cachorro.

Q isso??? Em qual sentido ele está fazendo esta pergunta? Será que???

Nãooooooo!!! Ou será??

Depois dos títulos dos filmes, fiquei com medo de tudo que ele perguntava!

Dias depois ele descobriu que tinha encaminhado a lista errada de filmes que

tinha em casa, e me ligou para se desculpar.

Eu acho natural, homens gostar de um filminho pornô, mas ter uma coleção em

casa, e colecionar os volumes 1,2 e 3 da “Suruba com o Totó”, já acho demais!

Fugi, inventei desculpas, até que ele se cansou de me procurar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Max Gehringer