Analitcs

Pesquisar no conteúdo do blog.atlabs.com.br

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

Contos da TCP - Conto 03 - Homem Dor de Cotovelo!!!

Reações: 
 Retirado de: http://contosdecris.blogspot.com.br/2014/12/conto-homem-dor-de-cotovelo.html

Este é aquele homem que sofreu, foi traído ou abandonado, está com a maior dor de

cotovelo, e agora quer mostrar pra todo mundo que está bem e deu a volta por cima,

mas, a verdade é  que ele precisa esquecer a outra “dita cuja” a qualquer preço, e

adivinha quem ele escolheu para ser sua  muleta? VOCÊ!!!

Toda a minha infância passei em Campinas, no período das férias escolares. Lá fiz

muitas amizades, e conheci o João.

O João era minha paixonite de infância e foi ele que me beijou pela primeira vez.  O

tempo foi passando, fomos crescendo e a amizade continuou. Eu sempre ligava pra ele

em datas especiais como Natal, aniversário, e foi num momento destes que ele

enxergou a oportunidade de voltar a ficar bem emocionalmente.

Eu estava num momento de fragilidade emocional , pois tinha terminado um namoro

de 4 anos há pouco tempo, me sentia carente, e tem perigo maior do que uma mulher

carente?

Um dia o telefone toca (parece letra de música sertaneja), era o João. Disse que queria

passar uns dias em São Paulo. Eu falei que poderia ficar em casa, e no sábado pela

manhã, lá estava ele tocando a campainha de casa.

Ele era um cara divertido, muito gentil. Sempre carinhoso, mas desde o princípio, não

parava de falar de sua ex. Era visível que ele estava sofrendo com o término de seu

relacionamento, a cada 5 palavras, 4 eram sobre sua ex, o que ela gostava e não

gostava! Em dois dias eu descobri mais coisas sobre ela do que de meu irmão do meio.

Ele dava a maior bandeira que ainda gostava dela. Morava em Campinas, eu em São

Paulo. Um namoro à distância e com o perigo morando ao lado! Eu tinha motivos mais

que suficientes para  ter ido com calma e não deixado me levar por sua boca sedutora,

mas, a burra aqui ficou de quatro quando ele falou que eu era especial, que gostaria de

me namorar. Eu ia para Campinas um final de semana sim, outro não e minha vida

passou a ficar bastante agitada, pois eu viajava na sexta após o trabalho e só voltava

na segunda, direto para o trabalho também. Como eu não tinha carro, tinha que viajar

de ônibus, e era um caminho longo até a rodoviária, mas, nem me importava de andar

com uma mala maior que eu, cansada, mas feliz, porque iria ver meu namorado,

estava apaixonada!

Eu quase não via mais a minha família e amigos, estava sacrificando meus dias de

descanso, abrindo mão de estar com meus familiares e amigos por um namoro que eu

nem sabia se iria dar certo.

Ele queria que sua ex nos visse juntos, descobri isso numa certa vez que armou uma

situação para isso acontecer. O pior é que ele fez o maior teatro, me abraçando e

beijando exageradamente na frente dela, que saiu toda enciumada e irritada do local!

Me senti péssima, mesmo assim não tomei nenhuma atitude e continuei com o

namoro, fingindo  não enxergar a verdade, ele não gostava de mim, estava apenas me

usando para causar ciúmes a ela.

Ele passou a inventar desculpas para viajar e vir me ver. Ligava menos.

E o óbvio aconteceu, numa tarde qualquer ele me ligou e disse que não se sentia

apaixonado o suficiente para continuar comigo!

Eu soube depois que ele tinha voltado com ela.

Confesso que eu me senti usada, decepcionada...  Bom, mas pelo menos parei de

gastar tanto com passagens de ônibus, taxi e tudo mais.

Se o cara que você conheceu ou tá afim, só fala do passado, deixe que ele resolva seus

problemas e volte para o presente, daí sim, você pode tentar conhecê-lo. Passar de um

amor para outro, sem curar as feridas do passado, não vai adiantar. Pq no fundo, a

pessoa não se deu conta de que aquele relacionamento realmente chegou ao fim e

não estará pronto para uma nova etapa em sua vida.

Ele vai ficar com você pensando na ex, rondando, se mostrando disponível caso ela

queira reatar, e te dar um pé no traseiro quando isso acontecer.

Ex- namorados são como as figurinhas, e figurinha repetida não completa álbum, e

você é a figurinha da vez, mas, não é repetida!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.

Max Gehringer